Situe-se :

Notícias de Teresópolis

Publicada em 31/03/2011


Travessia Petrópolis-Teresópolis, a mais bonita do país



A travessia Petrópolis – Teresópolis tem 40 km de extensão, e geralmente é feita em três dias de caminhada, com dois pernoites. A trilha começa na sede do Parque Nacional da Serra dos Órgãos em Petrópolis, que fica no distrito de Corrêas.

O primeiro dia de caminha leva ao Pico do Açu, com mais de 2000 m de altitude. A trilha até o Açu dura entre 5 e 8 hrs, e é extremamente desgastante, com trechos bem íngremes.

O segundo dia de trilha é a travessia propriamente dita, quando se caminha do Pico do Açu ate a Pedra do Sino. A paisagem é incrível e pode-se observar a Serra dos Órgãos em sua plenitude, já que boa parte da caminhada que dura o dia inteiro é feita acima dos 2 mil metros. O terceiro dia de trilha é o mais fácil, já que o caminho é todo feito em descida, da pedra do Sino até a sede do Parque Nacional em Teresópolis.

Dicas para fazer uma boa travessia

- O ingresso deve ser adquirido antecipadamente, sendo que os moradores das áreas do entorno do Parque pagam 50%. Além disso, somente 100 pessoas podem ingressar na trilha por dia.

- Entre maio e o final de agosto é o período ideal para a caminhada, no tempo de seca e temperaturas frias. Evite feriados prolongados, pois o número de freqüentadores é maior.

- De ônibus, em Petrópolis pegue um circular até o terminal de Correas. Lá, o coletivo que vai para o bairro do Bonfim, via Pinheiral. Essa linha vai deixá-lo bem próximo a portaria do parque.

- Leve somente o necessário. Em dois ou três dias, principalmente, o peso de comida e roupas extras pode transformar a caminhada em um sofrimento só.

- No Açu, área de acampamento para quem faz o passeio em três dias, a água fica no mato logo á frente e à direita dos abrigos, mas não é 100% confiável. Se possível, use algum tipo de purificador.

- Paraíso e Vale das Antas também são bons locais de acampamento, mas sem visão nenhuma para as principais montanhas.

- No cavalinho, o uso de um pedaço de corda ou fita (material de escalada) pode ajudar em muito os novatos.

- Na trilha do Sino, principalmente, evite os atalhos. Eles causam erosão no caminho. Além disso, quem infringir essa e outras regras de preservação está sujeito a multa. Principalmente na alta temporada, fiscais do Ibama ficam de plantão em vários pontos.

- A travessia deve ser feita entre os meses de maio e setembro.

Consulte a lista de condutores de visitantes aprovados pela AGUIPERJ e contrate um profissional para enriquecer sua visita. 

Comente esta notícia

Voltar Mais Notícias Buscar Notícias Topo





Topo

Site Turístico da cidade de Teresópolis com informações atualizadas.

Encontre hotéis, restaurantes, imobiliárias, programação do cinema, eventos e muito mais!